ONLINE
1




Total de visitas: 203

k“Uma coisa aprendi: Só o verdadeiro permanece. As máscaras sempre caem. Não exijo perfeição, até acho que da porta pra dentro é todo mundo de carne, osso e inúmeros sentimentos, as vezes até ruins. Mas me causa nojo essa gente dissimulada, de coração maquiado. De vez em quando eu quero parar de acreditar. Então eu choro. E eu quero gritar que é uma merda ter que lidar com a vida as vezes. O mundo tá lotado de gente mesquinha, e eu tô cansada de tomar café da manhã no hotel dos corações quebrados. Olha, eu não sou uma santa. Não sou perfeita, boazinha, ou qualquer outro adjetivo que remete á pureza completa. Mas eu sou de verdade. Eu posso deitar a cabeça no travesseiro sabendo que não magoei ninguém por querer. Ter bom caráter é fundamental. Sou cheia de defeitos. Cheinha. Afinal, sou gente. Gente. Não um ser mesquinho. Quem finge sentimentos morre a cada dia por dentro.”